ENSINO MÉDIO

  • Solidificação dos conhecimentos adquiridos nos anos anteriores;
  • Construção de uma base acadêmica que prepare o aluno para a vida universitária e para a profissão que escolher;
  • Motivação para a autonomia, o empreendedorismo, a ação solidária, a vivência cidadã  e a resolução de problemas;
  • reflexão sobre o futuro que se pretende construir, sem perder de vista os valores cristãos;
  • oportunidade de participar do Programa de Iniciação Científica da PUC-Campinas (PIBIC), no espaço da Universidade, despertando a vocação científica e incentivando talentos potenciais entre os estudantes, mediante sua participação em atividades de pesquisa científica ou tecnológica, orientadas e supervisionadas por docente pesquisador.

 

PROFISSIONAIS RESPONSÁVEIS PELO SEGMENTO

Coordenador Pedagógico

Antonio Baraçal Prado Júnior

Orientador Educacional

Hernani Godoy Jr.

 

CLIQUE ABAIXO PARA VER AS LISTAS DE MATERIAL 2019.

1ª SÉRIE

2ª SÉRIE

3ª SÉRIE

LIVRARIAS PARCEIRAS

SARAIVA e SICILIANO S/A

Avenida Iguatemi, 777 – 2º piso

Vila Brandina – Campinas/SP

Telefone loja: 19.3751-1730

Site: www.saraiva.com.br

MODELO LIVRARIA e PAPELARIA

Avenida Francisco Glicério, 1293

Centro – Campinas/SP

Telefones Loja: 19.3235-3977 / 19.3305-4002 / 19.3305-4003

e-mail: modelopl@terra.com.br

Site: modelopapelariaelivraria.com.br

PAPELARIA CASTELO

Rua Oliveira Cardoso, 346

Castelo – Campinas/SP

Telefones Loja: 19.3284-2323

e-mail: vendas@papelariacastelo.com.br

Site: papelariacastelo.com.br

 

SISTEMA DE PROMOÇÃO E RECUPERAÇÃO DE ACORDO COM O REGIMENTO ESCOLAR

Do Sistema de Promoção

Artigo 63 – O aluno é considerado promovido, a partir do 4º ano do Ensino Fundamental  até a 3ª série do Ensino Médio para o ano/ série subsequente se, ao final do ano letivo:

Parágrafo único: Se obtiver nota igual ou superior a 6,0 (seis) em todos os componentes curriculares e frequência superior a 75% das horas totais, sendo que a nota anual de cada componente curricular é obtida a partir da soma das médias bimestrais dividida pelo número dos bimestres (4), conforme artigo 60 ou for deferido pedido de recurso endereçado à autoridade competente.

Do Sistema de Retenção

Artigo 64 – Após o processo de Recuperação do 4º. Bimestre, será analisada a média anual obtida e considerado retido o aluno que obtiver nota inferior a 6 (seis), em quatro ou mais componentes curriculares.

  • 1º: Os casos específicos serão avaliados pelo Conselho de Classe/Ano/Série que emitirá um parecer quando o aluno obtiver média 5,0 (cinco) em até 3 componentes curriculares, considerando a frequência durante o ano letivo, a participação e o comprometimento durante as aulas e nas recuperações bimestrais, o domínio dos conteúdos mínimos necessários para o ano/ série seguinte;
  • 2º – A nota do aluno considerado aprovado pelo Conselho de Ano/série será alterada para a nota 6 (seis) indicando sua promoção e o registro deverá constar no boletim do aluno.

Artigo 65 – É considerado retido o aluno que apresentar frequência inferior a 75% do total das aulas, independente das notas obtidas.

Do Processo de Recuperação

Artigo 66 – O aluno com nota inferior 6,0 em cada componente curricular, são submetidos a estudos de recuperação bimestral (contínua e paralela), durante os quatro bimestres do ano letivo.

I – A recuperação contínua é feita na própria sala de aula, no decorrer de cada período letivo, a partir das dificuldades observadas pelo professor

II – A recuperação paralela, realizada em período diverso, é oferecida para o Ensino Fundamental e Ensino Médio, dentro de cada bimestre, tão logo se esgotem as potencialidades do processo ensino-aprendizagem e recuperação contínua.

Artigo 67 – A recuperação se realiza mediante:

I – programação de acordo com a avaliação diagnóstica das dificuldades do aluno;

II – utilização de tarefas complementares sob a forma de ensino individualizado;

III – aulas extras para grupos de alunos, conforme as dificuldades diagnosticadas;

IV – uso de estratégias de ensino motivadoras, inovadoras e adequadas ao que se quer ensinar;

V- Avaliação de recuperação.

Artigo 68 – A elaboração dos horários de recuperação e a duração das aulas, bem como a indicação dos professores, cabem à Direção do Colégio, ou, por delegação de competência, à Coordenação Pedagógica.

[…]

Artigo 70 – A partir do 4º ano do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio, o desempenho do aluno, após os estudos de recuperação, é expresso mediante a média aritmética da nota do bimestre e a nota obtida no processo de recuperação. O aluno que atingiu os objetivos propostos terá a nota atribuída até no máximo de 6,0 (seis), desde que não haja prejuízo da nota anterior obtida no bimestre.

Parágrafo único: O aluno é considerado recuperado em um componente curricular, quando a média da nota bimestral somada à nota da recuperação for igual ou superior a 6,0 (seis).